Dieta para desinchar

Quem nunca sentiu a sensação desagradável de ter uma barriga inchada? Esse sintoma, que é chamado de distensão abdominal, geralmente aparece depois de uma refeição abundante.

O inchaço pode ser um sinal de algum distúrbio digestivo, como intolerâncias alimentares, dispepsia, retenção de líquidos, ruptura dos músculos abdominais ou condições como a síndrome do intestino irritável e a doença de Crohn.

No entanto, a origem do problema também pode estar no excesso ou na escassez de fibra na alimentação, esse problema têm uma solução fácil: a adoção de uma dieta para desinchar.

dieta-para-desinchar

Gases ou Fibra?

Quando a ingestão de fibras é baixa, as fezes não adquirem tamanho normal, uma vez que este nutriente é o principal componente. 

Por esta razão, também é comum que casos de constipação apareçam com a retenção de fezes no canal intestinal, causando uma distensão que é desconfortável e afetar a qualidade de vida do indivíduo. 

Dieta para desinchar. Como solução, aumente o consumo de fibras progressivamente através de ingredientes como grãos integrais e frutas. Beber dois litros de água por dia.

Além disso, o excesso de fibras também pode causar má absorção de certos componentes, levando à diarreia, gases intestinais e, portanto, ao inchaço abdominal. 

Dieta para desinchar.  Neste caso, é melhor distribuir pequenas quantidades de fibra ao longo do dia, praticar algum tipo de atividade após a refeição – para estimular o movimento do intestino ou mastigar bem os alimentos para facilitar o processo digestivo.

Os gases são uma consequência direta de maus hábitos, como beber refrigerante, mastigar com a boca aberta, falar excessivamente ou beber muita bebida açucarada. Todos esses costumes nos fazem engolir mais ar do que o normal.

Dieta para desinchar – Adeus à barriga inchada

Um remédio natural para evitar os sintomas de inchaço é incluir tomate, aspargos e pepinos na dieta para desinchar. Estes ingredientes têm incríveis propriedades diuréticas, que ajuda a purificar o corpo e a eliminar resíduos e toxinas nocivas.

Brotos de alfafa e lentilhas são excelentes para o corpo, pois contêm muitas vitaminas e minerais. Esses alimentos têm a grande particularidade de poderem ser acrescentados a saladas ou sopas preparadas em casa.

Dieta para desinchar. Fruta também é uma grande aliada, pois possui boa quantidade de água e fibras. Elas devem ser variadas – não é bom acostumar o estômago ao mesmo tipo de alimento – e não exagerar no consumo. 

Devemos consumir com moderação frutas que ressecam como maçã, banana, pêssego ou pera. As opções mais saudáveis ​​são frutas cítricas, abacaxi, figo, abacate ou melancia.

Dieta para desinchar. Com exceção daqueles que sofrem de intolerância à lactose, o consumo de leites fermentados e iogurtes com probióticos também favorece o trânsito intestinal, reduzindo o risco de constipação e flatulência.

Os ovos , sempre em quantidades moderadas, também podem ser úteis. Os especialistas recomendam incluir na alimentação principalmente cozidos.

Os peixes e carnes magras com baixo teor de gordura são uma boa alternativa para resolver o inchaço, pois são fáceis de digerir e adequados para uma alimentação leve.

A ação de certas plantas aumenta a produção de suco gástrico e melhora a digestão. Este grupo inclui orégano, canela, erva-doce, hortelã, gengibre , louro ou sálvia, todos disponíveis para uso como chás ou temperos.

Quanto aos alimentos que devemos eliminar completamente da dieta, porque são os mais nocivos para o inchaço, há o sal, produtos carregados de gorduras saturadas, pão branco, comidas muito condimentadas, doces ricos em carboidratos.

Todas estas orientações dietéticas devem ser combinadas com uma série de hábitos que também previnam o inchaço como, por exemplo, comer mais devagar, exercitar-se, controlar o estresse e priorizar métodos de cozimento mais saudáveis, como optar por alimentos cozidos no vapor, assado e grelhado.

A seguir, temos uma indicação de leitura com conteúdo exclusivo, repleto de informações, para você quer saber como desinchar o corpo!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

7 + 7 =

Este blog tem a função de tentar esclarecer os assuntos abordados de forma leve e de fácil leitura. Aproveitem e qualquer dúvida é só chamar.

error:
Rolar para cima